Para emagrecer não precisa, nem pode, passar fome. O seu corpo precisa de um número mínimo de calorias. O truque é comer melhor.
Se pretende emagrecer rápido, mude de ideias quanto à velocidade. Não faltam dietas que lhe prometem esses resultados mas os sacrifícios implícitos são prejudiciais à sua saúde. Além disso, a curto prazo, terá todos os quilos de volta. Para ser bem sucedido a perder massa gorda, só há um caminho: mudar os hábitos alimentares. Mas não drasticamente, sobre pena de desanimar ou de o seu corpo não se adaptar à mudança. Se ficar fraco porque não está a ingerir tudo o que o seu corpo precisa, também não terá força de vontade para seguir em frente e não conseguirá emagrecer.

 

1. FAÇA 5 OU 6 REFEIÇÕES POR DIA

Dividir as refeições ao longo do dia acelera o metabolismo e é meio caminho para conseguir resultados. Assim, durante o dia, deve comer ao pequeno almoço, meio da manhã, almoço, meio da tarde, jantar e ceia. Tente fazer refeições o mais saudáveis possíveis.

 

2. CORTE NOS HIDRATOS DE CARBONO

Depois de estar habituado ao regime de seis refeições por dia, pode passar para o segundo passo. Corte nos hidratos de carbono à noite e faça refeições de proteína e vegetais. Pode custar um bocadinho mas os resultados são quase imediatos. Vai notar a barriga logo menos inchada.

 

3. ELIMINE OS FRITOS

O próximo passo: abolir os fritos da sua alimentação. Assim como o óleo, a margarina e a manteiga. Prefira assados ou grelhados. Se não consegue viver sem batatas fritas, experimente fazê-las no forno: corte em palitos, coloque um pouco de azeite, sal e paprika e leve ao forno. É uma delícia.

 

4. MUDE OS HIDRATOS DE CARBONO

Prefira hidratos de carbono de baixo índice glicémico como a batata doce, o arroz integral, a aveia e complemente com mais leguminosas e vegetais. Assim regula o valor de açúcar no sangue. Contudo, esteja atento às calorias.

 

5. CUIDADO COM OS DOCES

Evita comer chocolates, rebuçados, bolos e coisas doces em geral. Esqueça os alimentos processados como batatas fritas, cereais industriais, as maioneses, os refrigerantes e afins. Beba mais água e privilegie assados, grelhados, cozidos e estufados com pouca gordura.

 

6. MEXA-SE

Junte a isto um pouco de exercício diário. Não comece já com grandes loucuras, uma caminhada acelerada, durante meia hora, todos os dias, é suficiente para queimar as calorias e potenciar os efeitos da alimentação. Ainda previne doenças cardiovasculares, a diabetes e ganha anos de vida!

Em caso de dúvida ou se precisar de uma ajuda extra, não deixe de consultar um nutricionista.

Fonte: Vida Ativa

Deixe uma resposta